Posts Tagged 'target'

A Internet e a Guerra dos Sexos

Segundo um artigo editado recentemente, homens e mulheres fazem uma utilização diferente da Internet.

Porque é importante saber isto?
Porque segundo o público-alvo será a estratégia. E uma estratégia bem delineada é o primeiro passo para objectivos cumpridos.

Se o público-alvo de uma marca, e, consequentemente de um site, tiver como variante o género – para além de outros aspectos socio-demográficos ou psicográficos e comportamentais (isto é toda uma outra discussão), é preciso ter em conta essas diferenças que caracterizam a utilização da Internet para homens ou mulheres.

A principal diferença apurada e destacada por Jason Lee Miller, é a que serve de título ao seu artigo: Men Want It Fast, Women Want It All.

Homens
Entram no site para cumprir um objectivo da forma mais fácil e rápida possível.
Assumindo que é a compra, na maioria das vezes quando acedem ao website é para a efectivar.
Dão importância à facilidade de uso e navegação, mas também em grande parte à velocidade de download.
Preferem vales de desconto que lhes facilitam a escolha à partida.

Mulheres
Analisam a situação
– leia-se site, características do produto ou condições do serviço – antes de tomarem uma acção.
Por isso, menos vezes uma primeira visita se converte na adesão ao serviço ou compra. Geralmente pesquisam informação primeiro. Pensam a longo prazo. O que significa que, se interessadas, regressarão ao site.
Facilidade de uso é também o aspecto a que conferem mais relevância, contudo preferem a acessibilidade à velocidade de download.
Preferem os saldos e promoções aos vales de desconto, precisamente porque continuam a ter possibilidade de escolha, para pesarem os prós e contras, como gostam de fazer.

Jason Lee Miller refere ainda que imagens de casais e pessoas em geral tendem a ser mais apelativas para as mulheres e apresenta outro dado curioso: apesar de eu ter mantido o estereótipo geral para colorir os títulos, ambos os géneros preferem o azul (continuamos a falar de websites, ok?).

As suas conclusões foram retiradas a partir de estudos e pesquisas, no entanto o autor acentua que são generalizações que obviamente estão sujeitas a excepções à regra. Ressalva também que não pretende com isto, dar azo a nenhum tipo de preconceito ou discriminação – que deve ser a parte onde ele pretende evitar um processo.

Para mais, leiam o artigo completo.

Telma M.

Anúncios

mediadetails no Twitter

Páginas

Outubro 2019
S T Q Q S S D
« Nov    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Anúncios