Posts Tagged 'Motores de Busca'

Bing mais eficiente que Google

Um estudo levado a cabo pela Experian Hitwise veio revelar que a taxa de sucesso nas procuras realizadas no Bing é mais eficiente que no Google.

Segundo a Hitwise, as “buscas com sucesso” são aquelas em que o internauta entra num dos sites mostrados nos resultados.

Apesar de ser um motor de busca recente, lançado em Junho de 2009, em Dezembro deste mesmo ano o Bing teve uma percentagem de 75 % de êxito nas buscas, sobrepondo-se ao Google.

Verdade é que a concorrência que se assiste nos vai trazendo ferramentas poderosas e leva a uma evolução das buscas efectuadas. Ficamos atentos às novidades que vão surgindo sobre os motores de busca!

Detalhes #5 – Google Search Features

Preciso fazer uma conta. A máquina calculadora no ecrã nem sempre é prática e até já tenho a página do Google aberta.
Pois bem, o Google faz a conta. Insere-se a expressão na caixa de pesquisa e o resultado do cálculo fica à vista, com o ícone de uma calculadora atrás.
É bastante prático para pequenos cálculos e expressões numéricas [ex.: 2*34+23].

Outras “fórmulas mágicas” que devolvem resultados úteis são para o tempo [ex.: weather lisboa], hora [ex: time lisboa] , conversão de moeda [ex.: 12 euros to dollars] ou de medidas [ex.: 12 ft to cm].
Experimentem. Conheçam todas as funcionalidades de busca em Google Search Features, tendo em mente que algumas estão apenas dirigidas para os EUA.

Yahoo lança Common Tag

Uma nova tag para facilitar a organização, classificação e pesquisa de sites e, diria também, um novo aspecto a ter em conta na optimização dos sites para os motores de busca (pelo menos para o Yahoo).
A common tag é uma expressão que categoriza o site. Por exemplo, um site de um restaurante teria a tag “ctag:restaurante”.

No site oficial podem aceder a toda a informação sobre a utilidade real desta tag, bem como a forma de a utilizar.

Telma M.

Já experimentaram o Google Squared?

Google Squared é a nova ferramenta de busca do Google.
A premissa é simples, devolver uma tabela organizada e útil de factos relacionados com a pesquisa.

No exemplo abaixo, pesquisei Portugal.
O resultado obtido é o de um distrito ou arquipélago por linha, com as colunas de informação: nome, imagem, descrição e moeda corrente, que constituem links para mais informação.

Google Square - Pesquisa: Portugal

Google Square - Pesquisa: Portugal

 

Telma M.

Bing! Novo Motor de Busca da Microsoft

Coming soon é o que diz a página do novo motor de busca da Microsoft, que pretende destronar o Google.

Não me vou alongar sobre o nome escolhido, até porque Google, o nome inspirado no riso de uma criança também seria de credibilidade duvidosa – e resultou naquilo que todos sabemos, ou antes, pesquisamos.

As principais características distintivas (mas nem tanto)  parecem estar na coluna ao lado dos resultados de pesquisa que apresentam a possibilidade de categorizar resultados, ver as pesquisas relacionadas e o histórico de pesquisa.
A funcionalidade best match surge, a meu ver, como uma adaptação do já conhecido felling lucky do Google.

Leiam com maior pormenor sobre o novo Bing! (apesar de o ponto de exclamação não fazer parte do nome, parece que não consigo evitar pô-lo) no artigo de Danny Sullivan: Meet Bing, Microsoft’s New Search Engine.

Telma M.

Google reage ao Twitter: Search Options

Não é que o Google não esteja sempre a actualizar-se e a criar novos serviços e funcionalidades, mas cada vez se torna mais necessário que o faça, com novas opções de pesquisa a agradar aos utilizadores.

Como exemplo mais flagrante temos o Twitter Search, que oferece resultados em tempo real e por recomendações, que mui agradam a mui boa gente. Como exemplo mais recente – ainda sem garantias de resultados – temos o complicadíssimo (só de nome) WolframAlpha que promete responder às perguntas dos utilizadores.

Assim sendo o motor de busca mais utilizado, tanto global como nacionalmente, que continua a ser o Google, tem de se actualizar para não perder o seu posto.

Nesse sentido, há uns dias foram anunciadas as Google Search Options, que permitem fazer pesquisas de uma forma mais personalizada e direccionada.
Ora vejam (em dois minutinhos) o essencial da aplicação:

Ainda não está disponível, mas espera-se que esteja em breve.

Consequências para o SEO? Concerteza. Mas creio que não afectará negativamente  quem construiu estratégias de optimização completas e dirigidas a um público-alvo específico.

Telma M.

SEO: A Lição nº2

Se possível, desde que o site é construído o conceito de SEO deve estar presente.
Tudo deve ser pensado de forma a que primeiro os utilizadores tenham uma boa experiência de navegação no site e depois os motores de busca tenham uma boa experiência de navegação no site para que mais utilizadores possam ter uma boa experiência de navegação no site.

Depois, o site fica online. É altura de proceder a tarefas essenciais para o mesmo objectivo (descansem os leitores, que não vou repetir a lengalenga*), com a coerência necessária, dentro da estratégia de SEM previamente delineada.

E depois destas acções iniciais?
Bom…depois entra em vigor a máxima de muitos SEO’s como o Mark Jackson:

                             “SEO isn’t a “set it and forget it” affair”

Palavras de ordem: monitorização, evolução, monitorização, adaptação,  monitorização, monitorização.


Telma M.

* Lengalenga está no dicionário! Incrível. É uma estreia para mim. Nunca tinha escrito a palavra lengalenga.

SEO: A Lição nº1

A Mediadetails presta serviços na área do Search Engine Marketing, optimizando sites para que estejam a cada momento mais acessíveis aos utilizadores que fazem parte do seu target.
O serviço não consiste numa única acção, mas num conjunto de técnicas integradas, com base numa estratégia personalizada.

Pois se há uma regra de ouro nesta área mais do que referida, mais do que reconhecida, mais do que comprovada, é esta:
Devem fazer-se sites para pessoas e não para máquinas.

É certo que o trabalho de optimização deve iniciar-se em simultâneo com o desenvolvimento (o planeamento!) do site, mas sempre de forma a tornar a navegação fluída e os conteúdos pertinentes para as pessoas: não em exclusivo para os motores de busca. Um será naturalmente a consequência do outro.
Esta é uma regra dos próprios SE’s, e tudo o que apontar no sentido contrário, poderá mesmo prejudicar o pagerank dos domínios.


mediadetails no Twitter

Páginas

Julho 2020
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031