Archive for the 'redes sociais' Category

Só HOJE, pague só metade!

md_banner_facebookA MediaDetails aderiu à Black Friday e quem fica a ganhar é você!
Só HOJE, aproveite e peça-nos um orçamento e garantimos que só paga metade do valor final da nossa proposta!

Visite-nos em www.mediadetails.com e usufrua desta oferta!

 

MediaDetails is joining Black Friday and the winner is…you!
Only for TODAY, make a budget request and you’ll only pay half of the final cost of our proposal!

Visit us at www.mediadetails.com and enjoy this offer!

 

Anúncios

Grouuer a plataforma que liga os portugueses

A ideia nasceu da empresa portuguesa YouON – Creativity and Technology que criou uma plataforma – o Grouuer – que facilita a interação pessoal e profissional entre portugueses espalhados por todo o mundo e que pretende ser um espaço de troca de informações, oportunidades e ofertas de emprego e negócios.

Numa altura em que os níveis de desemprego aumentam a cada dia e, que há cada vez mais portugueses a optar por sair do país à procura de novas oportunidades profissionais, esta plataforma constitui uma mais valia para aqueles que procuram emprego lá fora, pois o Grouuer conta mesmo com uma secção onde os portugueses que trabalham pelo mundo podem partilhar ofertas de emprego.

Para ficar a conhecer melhor esta nova plataforma clique aqui.

Juliana Melim

Weduc – a rede social para pais e professores

Até agora a participação dos pais na vida escolar dos filhos estava restringida às reuniões de pais, a recados no caderno do aluno e a uma ou outra festa. O encarregado de educação desempenhava apenas um papel de mero espetador.

Para colmatar este problema existe agora o Weduc – uma plataforma online, gratuita, que tem como objetivo primordial facilitar a comunicação entre os pais e a escola. De acordo com Albino Almeida, presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap) “a ideia é que um encarregado de educação possa receber a escola em casa através de um simples computador“.

O Weduc funciona como uma rede social, onde os pais podem interagir com os professores e com os restantes pais da turma. Os professores podem disponibilizar conteúdos pedagógicos aos alunos e informar os encarregados de educação sobre as notas e atividades da escola. Os encarregados de educação podem visualizar o perfil dos professores, estar a par das últimas atividades e partilhar informações com os outros pais da turma.

Atualmente com 13 mil utilizadores, o Weduc conta já com uma rede de 70 escolas, sendo que a maioria pertence ao ensino particular. Agora, o grande objetivo é massificar a sua utilização. Assim, no sentido de chamar a atenção das escolas para os beneficios de aderirem a esta plataforma  foi celebrado em Novembro, do passado ano, um protocolo com a Confaq e lançada uma campanha que levou os criadores do Weduc a mais de 600 escolas de todo o país.

Transformar a escola numa comunidade participativa e a tempo inteiro é um dos objetivos desta plataforma, que pretende tornar os encarregados de educação mais ativos e atentos aos problemas escolares.

Visualize o vídeo sobre como funciona o Weduc.

Juliana Melim

Bye Bye Messenger!

É oficial, a partir do próximo ano o programa Windows Live Messenger vai acabar em todos os países. A notícia foi avançada pela Microsoft, através do blogue do Windows Live, onde explicou que a decisão foi tomada no sentido de responder à evolução das comunicações online, onde o Skype “se tornou na melhor forma de ter chamadas de voz e vídeo, além de também permitir mensagens instantâneas”.

O tão popular messenger que foi lançado há 12 anos e que conquistou fãs por todo o mundo vai ser assim substituído pelo Skype, programa que a Microsoft comprou em Maio do ano passado, e que tem vindo a integrar em alguns dos seus produtos.

Os atuais utilizadores do Windows Live Messenger manterão todos os seus contactos, que poderão ser posteriormente usados no Skype tanto para videoconferências, mensagens ou chamadas.

Juliana Melim

Parabéns Twitter!

O Twitter comemora, hoje, 5 anos de existência. Apesar de não ocupar o primeiro lugar no ranking das redes sociais, é logo o segundo com uma média de 140 milhões de tweets por dia e, mais de 200 milhões de utilizadores em todo o Mundo.

Um dos principais objectivos desta rede é a possibilidade de comunicar com um grupo de pessoas, através de conteúdos escrito, com um limite de 140 caracteres. Este limite tão reduzido de caracteres tornou-se na imagem de marca da rede e, fez com que ganhasse a alcunha de “sms da Internet”.

Actualmente a rede está baseada na Califórnia e, conta com a colaboração de 450 funcionários, que trabalham com o intuito de torná-la rentável.

Juliana Melim

Facebook incorpora videochamada

O Facebook anunciou, hoje, a incorporação de um novo serviço – a videochamada – que resulta de uma parceria com o Skype, empresa que implementará a solução. Este novo serviço estará disponivel para os utilizadores já nas próximas semanas, e irá complementar o serviço de chat. De Salientar, que este serviço terá janelas de vídeo que serão integradas com o browser e podem ser redimensionadas. Mas a novidade é, que a videochamada não será só presencial, ou seja os utilizadores vão poder gravar recados e deixá-los aos seus amigos. 

O Facebook tenta assim fazer frente ao seu mais recente rival, o Google +, que foi apresentado a semana passada e, que já incorpora este tipo de funcionalidade, que permite conversas em simultâneo por videoconferência a um máximo de dez pessoas.

Juliana Melim

O 5º Poder

Hoje, mais do que nunca é impensável falarmos de sociedades contemporâneas, sem falarmos das redes sociais. Elas são um fenómeno de popularidade em todo o mundo e, pouco a pouco ajudaram a redefinir os novos parâmetros da nossa sociedade. Uma sociedade que está interligada e conectada com tudo e com todos através de uma rede que vai cada vez mais além. Milhares de pessoas usam diariamente as redes sociais, e quando falamos de redes sociais não falamos só de Facebook, mas também de Twitter, Buzz, Wave, Orkut, Myspace, Hi5, Wayn, Delicious, LinkedIn.

Estas redes são utilizadas para as mais diversas actividades: partilha de informação, vídeos, imagens, networking empresarial, procura de emprego e, também para relacionamentos pessoais. As redes sociais estão a revolucionar a maneira como pensamos e agimos. Meios de comunicação ou empresas que se prezem têm uma página nas principais redes sociais. E, a partir destas veicula-se as mais diferentes informações, partilhando com milhares, senão milhões de utilizadores.

As redes sociais assumiram a posição de contra-poder ou se preferirem 5º poder, tornando cada utilizador um agente activo na vida social e política de um país. As redes sociais são capazes de unir os cidadãos em prol de uma causa, e de os levar até às ruas da cidade, como aconteceu em Portugal com o movimento “Geração à rasca“, movimento criado no Facebook e que reuniu milhões de jovens e familiares numa manifestação, em Lisboa. Até a força política rendeu-se a estas plataformas, abandonando os meios de comunicação tradicionais. As redes sociais tornaram-se imprescindíveis. Mas, até quando elas persistiram?

Juliana Melim


mediadetails no Twitter

Páginas

Janeiro 2019
S T Q Q S S D
« Nov    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Anúncios