Arquivo de Maio, 2015

Google lança sistema operativo para tornar objetos inteligentes

Fonte: The Verge

O Google anunciou recentemente a criação de um novo sistema operativo. Mas este não é um browser qualquer. Com o Brillo, assim se chamará, a empresa pretende equipar todos os dispositivos existentes com inteligência artificial e ligá-los em rede num mundo de equipamentos inteligentes. Neste leque estão incluídos tanto eletrodomésticos como objetos simples, tais como portas, janelas ou fogões.
De forma mais explícita, pode dizer-se que o Brillo não é mais do que uma versão simplificada do sistema Android, dando a possibilidade de criar ligações de Internet sem fios e de Bluetooth entre os aparelhos que o utilizarem.
De acordo com o vice-presidente da Google, Sundar Pichai, a ideia é transformar as experiências dos utilizadores através da ligação dos aparelhos físicos à Internet de forma inteligente. Assim, será possível regular a temperatura de um espaço ou desligar o fogão quando a comida estiver pronta.

De acordo com o Público, será no terceiro trimestre deste ano que o sistema vai estar disponível, embora apenas ainda numa versão preliminar.

Startups internacionais criam cartões inteligentes

São simples cartões, tal como os utilizados no Multibanco. No entanto, nos cartões inteligentes em que algumas startups internacionais têm vindo a apostar, poderão ser incorporados dados de outros cartões de crédito, débito ou até mesmo de fidelização de marcas e acumulação de milhas. Estes objetos permitem, através de uma ligação Bluetooth, replicar o funcionamento dos mesmos o que, de acordo com o Cnet, oferece conveniência e segurança ao utilizador.
A Coin e a Stratos são algumas das empresas que operam neste mercado e que, embora não prevejam ainda datas de entrega dos primeiros cartões, já estão a aceitar pré-reservas. No entanto e por agora, as empresas estão ainda a verificar os mecanismos de segurança, que passam por validar a identificação do utilizador através de um código PIN.
No pacote de venda destes cartões estará incluído um leitor de bandas magnéticas que possibilitará o carregamento de dados dos antigos cartões.
À semelhança dos correntes cartões de crédito e débito, os cartões inteligentes poderão ser usados nas caixas ATM atuais.

Academia Militar e Politécnico de Beja assinam protocolo de segurança

StarNetTelecom

Entra hoje em vigor um protocolo de cooperação para as áreas da cibersegurança e da ciberdefesa.
O protocolo será assinado no decorrer do SimSic 2015 (Simpósio de Segurança Informática de 2015) pela Academia Militar e pelo Politécnico de Beja com o principal objetivo de promover a segurança da cloud e no big data (dados recolhidos em diferentes fontes que depois são cruzados).
Segundo a Exame Informática, o Simpósio decorre hoje no Instituto Politécnico de Beja. O tema deste ano é “Todos os Dados”, sendo que o SimSic 2015 será dividido em sessões dedicadas tanto à Tecnologia como ao Direito, contando também com profissionais da cibersegurança.
De acordo com Rui Silva, coordenador do laboratório de segurança informática UbiNet e responsável pela organização do evento, a segurança do big data é um “grande desafio” por permitir “conhecer ao detalhe os perfis das pessoas. O que pode ter efeito em coisas tão simples como na escolha de um candidato a um emprego”.

Microsoft e Instagram unem-se em prole da produtividade

A Microsoft juntou-se ao Instagram num projeto para publicar fotografias de indivíduos que utilizam os produtos da marca nas suas atividades.
A parceria iniciou-se na passada semana através de uma página criada no próprio Instagram. Com esta iniciativa, a Microsoft pretende “reinventar a produtividade”, noticia o Público.
Assim a tecnologia da empresa estará em voga nas fotografias tiradas pelo fotojornalista convidado, Justin Bastien, ao longo de um percurso por vários países. As fotografias registarão, portanto, “inspirações, paixões e feitos” de indivíduos que, diariamente, utilizam produtos ou serviços da marca Microsoft.
Os registos fotográficos deste trabalho serão reunidos através da hashtag  #DoMore.

EUA e UE perto de acordo para proteção de dados pessoais partilhados

A União Europeia e os Estados Unidos estão perto de terminar as negociações de um acordo de proteção de dados pessoais partilhados para efeitos de investigações a ameaças terroristas.

As negociações estão a decorrer desde o ano de 2011, no âmbito do conhecido “umbrela agreement” por forma a proteger trocas de informações pessoais entre autoridades policiais e judiciais durante as investigações. O mesmo se pretende aplicar à troca de informações entre empresas e autoridades judiciais para os mesmos fins.
No entanto, de acordo com a Reuters, as conversações têm sido dificultadas pela impossibilidade de os cidadãos europeus poderem recorrer aos tribunais americanos no caso de usurpação dos seus dados, enquanto os cidadãos americanos podem recorrer aos mesmos direitos providenciados pela UE.
A proteção de dados pessoais nos Estados Unidos tem sido um ponto controverso na UE desde que foram revelados programas de vigilância dos EUA que envolviam cidadãos da UE.
Conforme noticia a Reuters, a intenção é fazer com que o acordo seja assinado por ambas as partes, o que impulsionaria as relações transatlânticas, desgastadas após as ditas alegações.

O fim das negociações deverá, de acordo com a Comissão Europeia, acontecer ainda antes do Verão.

Spotify prepara-se para integrar mercado de vídeo online

O Spotify planeia entrar em breve no mercado de vídeo web. A notícia foi avançada pelo Wall Street Journal que revela que, de acordo com fontes próximas, a empresa de partilha de música pretende competir com potências como o Youtube e Facebook Inc.

A estratégia de crescimento levada a cabo pela empresa poderá, já durante este mês, começar a dar os seus frutos.

De acordo com a Exame Informática, os objetivos do Spotify passam pela oferta de conteúdos através da formação de parcerias com criadores dos mesmos, bem como pela criação de conteúdos originais e exclusivos.

Google adquire aplicação de gestão de tarefas

A Google adquiriu recentemente a Timeful, uma ferramenta criada para tornar mais fácil a programação, ajudando a resolver tarefas maiores sem serem necessárias preocupações com pequenos detalhes. A aplicação analisa a agenda do utilizador, utilizando-a para o ajudar a atingir metas específicas.
Torna então prioritárias as atividades de acordo com o tempo que exigem, calculando o tempo que cada uma leva a concretizar. Assim, utiliza o software de calendário existente nas diversas plataformas, como o iCal, o Microsoft Exchange ou o Google Calendar.
Conforme noticia a TechCrunch, a tecnologia da Timeful destina-se a atenuar o incómodo de agendar e gerir tarefas.

Segundo Alex Gawley, diretor e gestor de produto da Google, esta aplicação é uma ajuda para o utilizador, já que planeia a sua vida através do conhecimento de horários, hábitos e necessidades.
Daqui em diante, a Timeful será disponibilizada pelo Google Apps.


mediadetails no Twitter

Páginas

Maio 2015
S T Q Q S S D
« Abr   Jun »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031