Arquivo de Maio, 2013

Joomla! facilita ataque ao site do Cartão do Cidadão

Os sites do Cartão de Cidadão e da Agência para a Modernização Administrativa (AMA) foram alvo de um ataque informático no passado fim-de-semana.

Logo na sexta-feira à noite, os “piratas” conseguiram infiltrar-se no sistema graças à descoberta de uma falha de segurança na plataforma de gestão de websites Joomla!. Segundo a Exame Informática, foi através do acesso remoto ao Joomla! que os hackers foram capazes de executar um script, que lhes deu depois acesso direto às passwords e nomes de utilizador da base de dados dos dois sites, suportada por MySQL. Os dados chegaram mesmo a ficar expostos publicamente durante algumas horas, sem que se saiba se mais alguém chegou a usar indevidamente essas informações. O nome de utilizador associado à base de dados era “root” e a password “mysql@AMA”.

Ambos os sites foram “desfigurados” pelos hackers, que deixaram no “local do crime” a assinatura “hack_addicted.pt”. No domingo a investida repetiu-se, mas desta vez os piratas deixaram apenas mensagens de aviso. No site do Cartão de Cidadão podia ler-se “ola ola tenho o root do mysql =) hack_addicted.pt “ e no da AMA foi escrito “ O hack_addicted.pt esteve aqui. Ola ama.pt, como é que é? ta tudo?”

Apesar de ter sido demonstrada a vulnerabilidade do sistema, a AMA garantiu à “Exame Informática” que a segurança da informação confidencial contida nas bases de dados não foi colocada em risco com o ataque. Fonte da agência avançou ainda que o software do Cartão de Cidadão não sofreu danos com o ataque, pois “o código fonte original está obviamente preservado em lugar seguro e permitiria, em qualquer momento, a reprodução das versões executáveis, caso elas tivessem sido alteradas ou apagadas“.

A AMA confirmou que já foi apresentada uma queixa-crime Polícia Judiciária, e vai avançar para uma denúncia criminal junto da Procuradoria Geral da República.

Ana Sanlez

Anúncios

17 de maio: Dia Mundial da Sociedade de Informação

É preciso recuar até ao ano de 1865 para encontrar a primeira referência ao Dia Mundial das Telecomunicações. A efeméride foi então instituída para assinalar a inauguração da União Internacional das Telecomunicações, como forma de celebrar a revolução que o mundo das comunicações estava a viver. Quase 150 anos depois, a data passou a ser denominada oficialmente como Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação, e foi reconhecida pela Assembleia Geral das Nações Unidas a 17 de maio de 2006.

Não é por acaso que nos meios de comunicação é também chamado de Dia Mundial da Internet. Os dois conceitos são hoje inseparáveis e torna-se cada vez mais urgente, de acordo com os princípios da ONU, chamar a atenção dos países para as mudanças sociais provocadas pelas novas tecnologias, bem como diminuir a infoexclusão.

Este ano, o tema escolhido pela União Internacional das Telecomunicações para o debate foi a Cibersegurança. As ameaças inerentes à navegação na rede estiveram em discussão esta semana em Genebra, na Suiça, num encontro mundial centrado nos desafios impostos pela dificuldade em manter em segurança a gigantesca “aldeia global” que é a Internet.

Numa indústria que gera cerca de 310 mil milhões de euros por ano, e acarreta com cerca de 77 milhões de euros em prejuízos relacionados com cibersegurança, é importante perceber o impacto que a parafrenália de opções do universo online tem no quotidiano de cada um.

De acordo com a gigante informática Intel, em apenas um minuto são enviados em média 204 milhões de emails em todo o mundo, o motor de busca da Google regista mais de 200 milhões de pesquisas, são visitadas seis milhões de páginas de Facebook e os vídeos do YouTube são vistos 1,3 milhões de vezes. Acrescenta ainda que, por minuto, são roubadas 20 identidades virtuais em todo o mundo.

Com o intuito de reforçar que a segurança dos dados virtuais é uma questão para ser levada muito a sério, o encontro de Genebra resultou na revisão dos planos de proteção online para as crianças (COP), bem como das parcerias multilaterais contra as ciberameaças (IMPACT).

Ana Sanlez


mediadetails no Twitter

Páginas

Maio 2013
S T Q Q S S D
« Mar   Jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
Anúncios