Arquivo de Julho, 2009

SEO, Pagerank e Nofollow

A resposta é não, para vocês que chegaram ao blog através do Twitter, na esperança que “nofollow” fosse alguma nova estratégia ou funcionalidade para a plataforma social da moda, relativa à gestão de seguidores. 🙂

Falo do atributo “nofollow” nos links de qualquer página na web, que funciona para que os spiders dos motores de pesquisa que varrem a net em busca de páginas para indexar e actualizar nas suas bases de dados, não sigam esses mesmos links.

Até há bem pouco tempo o “nofollow” era uma técnica utilizada para controlar a distribuição do pagerank pela páginas (sendo o pagerank uma medida de importância que os motores de pesquisa, como o Google, lhes atribuem). Em teoria, e acredita-se que na prática também, quanto mais links uma página tivesse, menor seria o linkjuice (porção do pagerank) passado a cada uma.

Tendo isto em conta, os profissionais de SEO conferiam o atributo “nofollow” a páginas menos importantes de serem indexadas nos motores de busca (como páginas de Perguntas Frequentes, Política de Privacidade, entre outras) para favorecerem as outras.

Parece que agora, se estavam a utilizar o  “nofollow”  apenas para este fim (que há outros propósitos, até anteriores a este), podem deixar de o fazer. Pois o pagerank é dividido igualmente por todos os links, mesmo que depois não passe para a página (no caso de ter o mencionado atributo). Pelo menos o Google está a reger-se por estas novas regras.

Um dos outros propósitos que falava para a utilização do “nofollow” é impedir que os motores de busca sigam ou atribuam algum do nosso linkjuice a links externos (para outros sites).
E se chegaram ao blog através do Twitter, mas fazem parte da percentagem que continuou a ler, saibam que os links nos updates do Twitter têm este atributo. O que significa que trazem tráfego, mas não pagerank (apesar da sua importância relativa nos dias que correm).

Telma M.

Detalhes #7 – Atalhos de teclado

Utilizem a combinação CTRL + Tab para navegar entre separadores do browser através do teclado.

Telma M.
[Porque hoje decidi que me vou habituar a esta funcionalidade para poupar tempo a navegar entre as +/- mil tabs que tenho sempre abertas em vários browsers.]

Novidades no Twitter – as #hashtags

Mais uma vez há novidades no Twitter – e nem me estou a referir à discutida possibilidade de Google AdSenses na plataforma.
O interface dos “seguidos” e “seguidores” está diferente, mais integrado, mais informativo.

Interface Follow

Mas a maior novidade são as hashtags com link. As hashtags são de extrema utilidade e a popularidade do seu uso cresceu natural e espontâneamente no Twitter.
Merecem, portanto, um post que lhes seja dedicado.

O que é uma hashtag?

Uma hashtag é uma tradicional tag, antecedida de de cardinal (ex.: #tecnologia).
Esta enquadra o update (o twitt) numa temática ou categoria.

Hashtag #bing

Qual a utilidade da hashtag?

Facilita a pesquisa de uma temática. A pesquisa de uma hashtag no TwitterSearch devolve todos os resultados que a incluem.

Assim sendo, permite que se criem pequenos núcleos de discussão, mesmo entre pessoas que não se segue mutuamente, em torno de uma temática. Um dos exemplos de uma hasthag frequente é a #deb15, aquando do debate quinzenal na assembleia. Os twitters comentam o que se vai passando em parlamento, utilizando sempre a tag – lamentam apenas que os deputados presentes, que twittam enquanto debatem, não usem também a hashtag.

Por vezes são criados jogos ou desafios subordinados a uma hashtag.
Muitas vezes, estas chegam a tornar-se trending topic, nesta plataforma social, que tem tanto de viral.

Há ainda um outro tipo de utilização, mais isolado. Quando a hashtag usada não pretende ser repetida ou usada para um grupo de discussão, mas para reforçar a ideia da mensagem com o toque final que esta empresta (mais ou menos como no final deste post).

Com os links nas hashtags, é facilitada a pesquisa e a entrada na discussão. Isto poderá impulsionar ainda mais o seu uso.


Telma M.
#maisumpost

RE: Desafio lançado // Detalhes #6

Em resposta ao desafio proposto pela Telma pareceu-me pertinente prosseguir com os Detalhes. Neste caso acerca de uma funcionalidade que a maioria (senão todos) os blogs têm, bastante útil quando sabemos que vamos estar um período sem acesso à internet, como talvez nas férias ou por “motivos de força maior”, falo de determinar a data de publicação dos posts que provavelmente muitos de vocês já devem conhecer e até utilizar.

Essa opção permite escrever posts num momento e, se assim pretendermos, colocá-los visíveis mais tarde, na semana seguinte, por exemplo. Da mesma forma dá para colocar com uma data anterior. Podemos decidir a data que queremos, como a hora em que o post aparecerá e assim manter sempre o blog actualizado.

A constante evolução que assistimos nas ferramentas dos blogs facilitam em muito a vida dos bloguistas (PT) / blogueiros (BR), desde personalizar a publicação dos posts ou o aspecto do blog, há inúmeras possibilidades que podemos explorar. A blogosfera está imparável!

Claro que a Telma conhece bem esta funcionalidade, mas gosta de dar a oportunidade para mantermos o blog com Detalhes novos na sua ausência (sentida ahah). Telma, começa a contar… 1 post publicado na tua ausência (BIS sentida ahah).

Ana Martins


mediadetails no Twitter

Páginas

Julho 2009
S T Q Q S S D
« Jun   Ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031